4 características comuns de empresas que sofrem com a inadimplência

4 características comuns de empresas que sofrem com a inadimplência

 A inadimplência é uma situação com a qual os empresários precisam saber lidar e, principalmente, evitar. Confira as características em comum de negócios que enfrentam o problema!

Mesmo existindo maneiras de evitar esse cenário, a inadimplência é recorrente e pode levar muitas empresas brasileiras à falência. É possível notar características comuns entre essas empresas. Descubra quais são neste artigo!

Dados mais recentes da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) mostram que o número de empreendimentos endividados cresceu 5,55%, sendo que 56% deles estão negativados por dívidas que superam R$1.000.

O problema é real e exige dos gestores um foco maior para reverter esse quadro.

Selecionamos as principais características dos negócios que vivenciam momentos de instabilidade financeira. Dessa forma, você saberá quais precauções tomar em sua empresa. Acompanhe!

Qual o cenário da inadimplência de empresas no Brasil?

Mesmo com sinais de recuperação da economia e com a inflação mais controlada, a inadimplência ainda é um problema que tira o sono do empreendedor brasileiro. Prova disso é o crescimento do número de negócios que integram a lista de devedores no país.

Para se livrar da situação, é importante entender todo o cenário e aprender a extrair informações valiosas desses dados. Sendo assim, vale destacar que 70% das pendências financeiras estão concentradas no setor de serviços.

As principais dívidas contraídas têm como credores bancos e financeiras, que respondem por 70% dos débitos em nome de pessoas jurídicas. Em segundo lugar, temos o comércio com 17%, seguido pela a indústria, com um total de 12% das dívidas em aberto do setor empresarial.

Quando analisamos o endividamento por região do país, é possível verificar que as empresas com sede no Sul são as mais prejudicadas. O Sudeste entra no ranking como segundo colocado, seguido pelo Centro-Oeste e, por fim, pelo Norte.

Quais são as 4 principais características das empresas endividadas?

Agora que você conheceu o contexto de endividamento do setor empresarial brasileiro, é importante entender que tipo de comportamento e situação leva um negócio a enfrentar esse desafio.

Vale lembrar que fazer essa análise é essencial para empresas que atuam no mercado B2B. Afinal, é preciso proteger suas finanças e evitar contratos com organizações que já se encontram em uma crise financeira.

Veja as 4 principais características de empresas que sofrem com a inadimplência:

A maioria é considerada micro e pequena empresa

Micros e pequenas empresas têm mais dificuldades para honrar seus compromissos financeiros. Naturalmente, essa é uma consequência da pouca maturidade e experiência para lidar com situações de crise.

Apesar do estímulo ao empreendedorismo no país, muitos empresários não investem em uma formação antes de abrir o negócio próprio. Alguns têm uma ideia e a colocam em prática sem muito planejamento, o que acaba gerando reflexos no futuro.

De acordo com o Sebrae, 1 a cada 4 empresas fecham as portas antes de completarem 2 anos de funcionamento. Essa taxa de 23,7% é expressiva e demonstra como a falta de preparo pode ser prejudicial.

No entanto, é importante deixar claro que esse é um mercado promissor e repleto de boas expectativas. O Governo tem investido constantemente nesse tipo de empreendimento, que tem condições de impulsionar o crescimento do país e gerar muitos empregos.

Estão localizadas no setor de serviços

Empresas que atuam no setor de serviços estão entre as que mais sofrem com a inadimplência. Os motivos são óbvios: com a crise econômica, o consumidor corta despesas que são consideradas supérfluas.

Com o baixo movimento, o faturamento tende a cair. A consequência é uma clara dificuldade para cumprir os contratos com fornecedores e funcionários, o que contribui para o cenário de endividamento.

Apesar da situação, é possível reverter o cenário com estratégias de vendas inteligentes. Tentar atrair o cliente e melhorar a gestão de custos da empresa são saídas que merecem ser colocadas em prática.

Buscam crédito para cobrir despesas operacionais

Buscar crédito para cobrir despesas operacionais é um hábito muito comum entre empresas inadimplentes. O problema é que esse comportamento, em muitos casos, só contribui para o agravamento da situação.

Diante do acúmulo de dívidas, o empresário decide recorrer aos empréstimos e financiamentos bancários, que até têm taxas mais interessantes para empresas. No entanto, como a raiz do problema não é atacada, é difícil quitar as parcelas.

Não fazem um bom controle de fluxo de caixa

Por fim, uma característica recorrente entre empresas endividadas é a falta ou ineficiência do controle de fluxo de caixa. Muitos empresários não sabem com precisão quanto entra e quanto sai dos seus cofres.

A relação entre despesas e receitas precisa ser acompanhada de perto. Sempre que as vendas estiverem abaixo do esperado, é preciso pensar em estratégias preventivas e reduzir gastos.

É exatamente essa falta de gestão que conduz ao endividamento. Afinal, por não ter visibilidade sobre o problema, a empresa continua gastando como se estivesse em um cenário ideal.

A inadimplência nas empresas é uma situação preocupante, capaz de gerar impactos em toda a cadeia de produção.

Quando um negócio começa a se endividar, todos os credores são prejudicados e isso conduz a um ciclo com sérias consequências. Sendo assim, fique atento! Planeje, estude e faça uma boa análise de crédito antes de fechar negócio.

Gostou deste conteúdo? Então não deixe de conferir as 5 boas práticas para evitar a inadimplência!

Este post tem 3 comentários

  1. Inadimplência é a dor de cabeça, seja pessoa física ou jurídica. Temos que aprender a fazer planos de negócios ou de qualquer projeto pessoal com sabedoria para evitar dores de cabeça futuras!

Deixe uma resposta