Retenção de clientes: saiba como mantê-los mesmo em tempos de crise

Retenção de clientes: saiba como mantê-los mesmo em tempos de crise

Todo mundo sabe o quanto uma crise econômica pode ser devastadora para o setor empresarial — especialmente para pequenos e médios negócios. Mas você sabia que a retenção de clientes pode ajudá-lo a enfrentar esse momento?

Em tempos de crise, é comum observar uma queda nas vendas. Se você já passou por isso, sabe que a situação prejudica sua sobrevivência e exige medidas estratégicas e rápidas.

E você sabe como evitar que isso aconteça em seu negócio e manter os clientes satisfeitos e fiéis ao seu produto e serviço?

O trabalho é longo e requer muitas ações durante o relacionamento. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas que o ajudarão a reter clientes, vender mais e superar a crise. Confira!

Por que se dedicar à retenção de clientes?

O que é melhor: reter ou conquistar novos clientes?

Apesar de uma estratégia não eliminar a outra, é importante saber que a retenção é essencial para qualquer empresa. Tem dúvidas? Vejamos alguns argumentos favoráveis.

Philip Kotler, um dos grandes nomes do Marketing, afirma que a conquista de um novo cliente custa entre cinco e sete vezes mais do que a manutenção de um atual. Portanto, você gasta muito mais para atrair um novo público do gastaria para se dedicar a fortalecer um vínculo já existente.

Para negócios que atuam no mercado B2B, isso é ainda mais relevante. Afinal, cada cliente pode gerar um contrato contínuo. Perdê-lo afeta seu caixa e prejudica sua sobrevivência — principalmente em tempos de crise.

Se a situação financeira já não é favorável, é melhor concentrar seus esforços naqueles negócios que têm um maior potencial de fechar contrato. Esses clientes já conhecem seu produto e confiam em sua empresa, o que nem sempre acontece com um desconhecido.

Além de promover um faturamento mais previsível, a retenção de clientes cria um marketing gratuito. Isso porque o cliente fiel indica seu negócio a outros clientes e reforça sua imagem no mercado.

Como reter clientes em tempos de crise?

A crise econômica gera efeitos negativos expressivos no dia a dia das empresas, como a queda no faturamento e o aumento da inadimplência. Além disso, com a falta de dinheiro circulando no país, conquistar clientes se torna uma tarefa ainda mais complexa.

Diante do cenário, a retenção de clientes pode salvar seu negócio e garantir um fluxo de caixa mais estável. Veja como alcançar esse objetivo:

Conheça o perfil de seus clientes

Você conhece bem as empresas que compram seu produto? Pode parecer simples, mas muitos gestores não têm essa informação e, com isso, perdem a confiança de excelentes clientes.

Buscando fidelização, muitos negócios concentram seus esforços em inovação e qualidade do produto. No entanto, antes de qualquer coisa, é fundamental conhecer as verdadeiras necessidades de seu público e garantir que suas expectativas sejam atendidas.

Por isso, pesquise mais sobre seus clientes, conheça seus concorrentes, descubra seus pontos fortes e fracos e pense em maneiras de ajudá-lo a se destacar no mercado. Dessa forma, todos crescem e superam a crise.

Foque no relacionamento e seja um bom parceiro

O relacionamento entre empresas é uma das premissas para o sucesso do mercado B2B. Afinal, quem vende para outros empreendimentos precisa manter um bom diálogo e negociar de forma estratégica com seus clientes.

Assim como você, os demais negócios podem estar enfrentando dificuldades. Virar as costas e ignorar essa realidade de mercado não é a melhor opção. Em tempos de crise, manter um relacionamento saudável e transparente é decisivo para a superação dos desafios.

Portanto, fique mais próximo dos seus clientes, observe como eles estão lidando com os obstáculos criados pela crise e seja um bom parceiro. Caso necessário, renegocie pagamentos e juros, planeje novas datas e apresente ideias que possam garantir que o serviço seja mantido.

Fique atento aos feedbacks recebidos

O que você faz com os feedbacks recebidos de seus clientes? Apesar de serem menosprezados por muitos negócios, esse tipo de retorno é essencial para o fortalecimento do relacionamento e para a correção de falhas.

Se algo não vai bem, é preciso agir para corrigir o problema. Dessa forma, é imprescindível ouvir o que os clientes têm a dizer, demonstrar que se importa com aquilo que foi dito e atuar de forma rápida e precisa para superar os entraves.

Fazendo isso, as chances de perder esse parceiro em um momento tão crítico é menor. Pelo contrário, você fortalece a relação e ainda melhora sua imagem no mercado.

Sabemos que vencer uma crise é difícil, mas acreditamos que isso é possível quando todos se unem em torno do mesmo objetivo. Dificuldades surgirão, mas as dicas apresentadas o ajudarão a melhorar sua retenção de clientes e fazê-los comprar mesmo em momentos que o mercado está desaquecido.

Está preocupado com as perdas financeiras de sua empresa? Leia este post e veja como é importante calculá-las corretamente!

Deixe uma resposta